terça-feira, 24 de agosto de 2010

Lágrimas

Pena que lágrimas não suprem cada veia que pulsa de raiva em meu corpo,

Pena que lágrimas não me mostram uma solução para mudar tudo o que há de errado na minha vida.

Se essas lágrimas nos pudessem fazer desaparecer,

Talvez nem ter nascido...

Elas bem que poderiam ser úteis.

Se elas suprissem essa vontade de gritar e de mandar para lugares indevidos pessoas que, mesmo alegando nos amar, nos ferem, constrangem e nos forçam a ficar inclusos dentro de nós mesmos,

Há, eu me dissolveria em lágrimas.


Por: Ilka Souza

Nenhum comentário:

Loading...