quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O tempo

Salvador Dali
Todos estavam certos:
O tempo traz todos os ensinamentos.
Aprendemos a sentir saudades sem chorar,
Sentir culpa sem enlouquecer,
Errar e se acomodar.

O tempo tem me mostrado que não dei valor a quem de fato merecia,
Não demonstrei na hora certa o que sentia,
Não consertei no momento exato o que havia para mudar.

Sua maior artimanha, nobre tempo, é me fazer aprender vivendo,
E por não ter o poder de te fazer regressar eu tenho que me reinventar
A cada segundo, minuto e hora.
A cada suspiro,
A cada vestígio de vida que me restar.

Por: Ilka Souza

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Sopa de Letras

Membros dormentes,
Mente inquieta...
Decididamente não sei lidar com a ansiedade.
Há medo. Há insegurança.
Medo de errar, de magoar
E até mesmo de acertar.
Contudo, o que ultrapassa todos os limites
É o medo de ser enganada.

Pior do que ser traída por um suposto alguém
É ser iludida por quem mais me convém:
Meu senso de escolha.

Minha cabeça se dissolveu numa verdadeira sopa de letras,
Na qual cada uma delas indica um sabor e um caminho a seguir.
Será que devo provar do doce ou do amargo?
Ou deveria levar-me pelo, talvez insípido, sabor da surpresa?

Por: Ilka Souza
Loading...