domingo, 28 de novembro de 2010

Decepção.DOC

Alegria, ansiedade, idealização...
Tudo isso precedeu os momentos em que eu me deslocava à Livraria Saraiva.
Conseguir uma foto com meu ídolo, dar um abraço, perceber que ele é de carne e osso assim como eu, dizer o quanto eu o admiro e o prestigio.

Isso estava tão perto de acontecer.

Eu estava no mesmo lugar que ele, separados apenas por uma fila (diga-se de passagem, enorme), e o vidro do auditório.
Mas eu tinha ido para conseguir, não importava o que viesse a enfrentar.

As horas se passaram, e eu me vi duas horas em pé, com CD e câmera nas mãos...

Chega um dos organizadores e anuncia que as fotos passarão a ser feitas em grupos, por mim tudo bem, tinha ido com uma amiga mesmo.
Os minutos se passam e o indivíduo retorna, anunciando que teríamos que escolher entre fotos ou autógrafos, por causa do tempo. Tudo bem, ainda assim eu chegaria perto dele.
Da próxima vez que ele apareceu já disse que só viriam fotos, o que irritou bastante minha amiga, que desejava um autógrafo.

Enfim, minha esperança demora um pouco a se tocar, portanto ela ainda permanecia em mim.

Até que,

Na ultima vez em que aparecera, o encarregado da produção acabou com a nossa alegria:

-Lenine vai embora, o vôo adiantou.

Como assim Brasil, o vôo adiantou?!

Toda a ansiedade que tomava conta de mim durante a semana se transformou numa profunda decepção e tristeza.
Ainda cheguei a vê-lo, bem na minha frente (educadamente desculpando- se com o público), mas logo os flashes tomaram conta e ele desapareceu em meio à multidão.

Não abracei meu GALEGO,
Só me resta escutar o CD novo que adquiri!
Na próxima vez eu consigo...
Há se consigo!

Por: Ilka Souza

(Créditos a Mariane Monteiro, que me acompanhou nessa triste jornada e sugeriu o título do post).

Um comentário:

MancadaIssoDaí disse...

Nossa, muito louco!

Como assim Brasil, um texto desse e ninguém comenta?!

Muito louco mesmo!

Loading...