segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Cara eu,

Conheço-te a muito, porém, continuo a não compreender-te.
Vejo que o tempo passa, você muda, as pessoas ao teu redor se transformam, a tua vida  acompanha, mas tua mente não. Os medos, as ânsias e desejos continuam aí, a perturbar-te.
Desejos de ser livre, de viajar, amar, se amar. Desejos de ter coragem e se achar capaz de chegar aonde for. Os outros a vêem como uma fortaleza cheia de determinação, mas ao se olhar no espelho você só enxerga decepção. Por quê?
És forte e capaz, tens o dom das palavras, mesmo que estando em aprimoramento. Tens também o dom de sonhar e isto é essencial na busca da felicidade. Não tenha medo de tentar, não tenha medo de conseguir, por que sim, um dia isto acontecerá e você verá o quão tola foi ao temer o futuro. Perceba que viver o presente é essencial a tua existência, deixa a poesia apoderar-se de ti e transformar o mundo que vês.
A beleza está presente em tudo, basta que ela seja vista, compreendida e vivida.

Com carinho,
                                Eu.



Por: Ilka Souza

3 comentários:

Belma Andrade disse...

Escreves demais... Parabéns! :D

Dinah Bezerra disse...

Vai escrever tão bem assim lá na casa de Tia Nethy.

;D

Patrícia ♥ disse...

Que lindo o seu cantinhoo..
adorei aqui!!

estou seguindo..
retribui??

beijos
http://pathyoliver.blogspot.com
http://momentosdapathy.blogspot.com

Loading...