sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Confissão

Escrevo para expulsar a realidade latente que há dentro de mim. Às vezes dou-me conta de que não passa de uma tentativa inútil, sabe-se lá...
Mas acredito nas palavras escritas e isso faz doer menos, engana os meus sentidos, parece uma espécie de droga alucinógena que causa menos autodestruição. Pena que o efeito é oscilante.
Escrever...
Quem sabe não signifique salvação?

Por: Ilka Souza

4 comentários:

Belma Andrade disse...

"acredito nas palavras escritas" e acredito sim que elas sejam uma forma de auto-salvação... ;)

IlkaSouza disse...

Quem sabe num é Bel...
É melhor acreditar que sim!

Andalando... disse...

Significa apenas que és tão doce em palavras como és em atitude. Seu eu confesso necessita desta prática, então pratique e alegre o mundo com palavras ternas, fazes isso tão bem... Amei seu eu poético!

IlkaSouza disse...

Muito obrigada Andala, você é que traduz doçura!

Loading...