domingo, 4 de março de 2012

Azul

Azul sereno, azul pulsante
Me acompanha a todo instante.
Em sua clareza revela minha busca,
Com sua escuridão esconde a minha culpa.
O tom que fica entre ambos é o que sustenta minha angústia.

Nas idas e vindas no caminho do meu futuro,
Tudo varia do azul claro ao azul escuro.
Observo, apenas observo
O que tão facilmente se esvai,
O que, não obstante, sequer existe mais.

Mas há brilho sobressaindo-se a toda essa escuridão,
Há uma estrela nesse azul anil contrastando com o azul sombrio nessa imensidão.
Estrela esta que me acompanha, mostrando-me que
Há sempre um caminho alternativo para ir,
Basta seguir as coordenadas,
Basta procurar me situar, assim como faz um navegante
Perdido em alto mar.
Basta com as constelações me guiar.

Tenho certeza de que não irei naufragar
E a estrela mais brilhante do céu
Ainda me representará.

Ilka Souza

8 comentários:

TAISA FERNANDA disse...

Amiga que coisa tão linda, sei que em todas as suas poesias são lindas mas essa foi no profundo da alma.
E EU CONCORDO COM VOCÊ, AINDA ÉS UMA ESTRELA. BEIJOS TE AMO!

Belma Andrade disse...

Esses muitos azuis dessas cores que só roubam nossa atenção... Muito lindo Ilka, de verdade! *_*

IlkaSouza disse...

Obrigada Bel's !!
*-*

Wellington disse...

Adorei seu blog, =)
seguindo vc aqui e te convido a conhecer o meu cantinho: http://belezaeatragedia.blogspot.com/

Segue lá tbm se gostar..
..bjos, Até Mais!!

deia.s disse...

Uma das cores mais leves.

Que seu fim de tarde tenha um belo tom de azul, flor.

:)

http://amar-go.blogspot.com.br/

Arianne Carla disse...

Ilka, suas poesias me fascinam a cada dia. Tão doce, tão leve... Lindo demais. Parabéns. ;)

Clarinha disse...

Suas palavras são muito bonitas mesmo, adorei o blog.

Bjs
http://www.maviealeatoire.blogspot.com.br/

IlkaSouza disse...

Muito obrigada meninas, a opinião de vocês é revigorante! (:

Loading...